27 março 2012

Tratar o emocional é fundamental!

postado por Rachel


Bom, estou no terceiro dia de VP - não, não quero ficar contando os dias - mas fato é que hoje é o dia 3 da nova rotina. Isso mexe bastante com a vida da gente!!! Tenho feito bicicleta ergométrica, mas não sei pq a sensação é a de que não está adiantando nada... Eu saio molhada, pingando, mas meu coração não dispaaaara como nas caminhadas. Posso até cantar em cima dela, caso queira... então acho que isso deva caracterizar exercício leve!!!

Ontem eu vi o Quilo por Quilo no canal H&H! Vcs viram? Fiquei com tanta pena do rapaz... ele não aguentou, comeu um monte nos drive-thru que tem em casa esquina dos EUA escondido da esposa e do treinador. Tinha perdido uns 50 quilos na primeira fase e na segunda que tinha que cuidar de si mesmo em casa, não aguentou, engordou quase tudo de novo. Eu entendo... É um vício absurdo... Só tratando do emocional em primeiro lugar, muita das vezes. É, pq dizer que quem é obeso está assim porque quer, é uma balela e tanto. Falo de OBESOS, aqueles com dores em tudo o que é lugar, aqueles que tem vergonha de sair, que não cabem na cadeira do cinema, que sofrem bulling em tudo que é canto, que tem problemas de saúde, etc e tal. Não é mole. Ninguém fica obeso se tá com uma cabeça boa, se tem a sã consciência do que está fazendo consigo. Evidente que o rapaz foi encaminhado para a terapia e para tratar em primeiríssimo lugar de seu emocional, de seus sentimentos de fracasso levando em conta todos os campos de sua vida. Ele descreveu muito bem como se vê e o que sente em relação a si mesmo: "Sou um fracassado. Sou um fracasso como amigo, como esposo, como profissional, como pai, como filho, como tudo". Taí a sua crença servindo de âncora em seu pé.

Nesse livro Mulheres, Comida & Deus fica bastante claro que não tem como tratar compulsão, sem antes tratar dos sentimentos, das mazelas emocionais acumuladas de toda uma vida. Se uma criança come muito, pode ser falta de algo, emocionalmente falando. Sensação de abandono? O mesmo com tooooodas as faixas etárias. Sensação de impotência? De vazio existencial? O que é que te falta. Por isso o vídeo da Flávia sobre o famoso: "Você tem fome de quê"? Portanto, em muitos casos, não creio que seja apenas cardápio pronto e personal na porta!!! Não mesmo!!! Please!!! Você pode até perder 30 quilos, mas se não tratou de saber porque é que vc come, então, infelizmente meu caro, pode estar fadado ao fracasso e a ter os 20, 30, os 40, os 50 quilos de volta. Fato! Falo por mim mesma!!! Se vc não tratar dos sentimentos mais enraizados também, não conseguirá nos momentos cruciais - mais difíceis da vida - continuar honrando as promessas que fez nos momentos normais, como já diria Nitiren Daishonin (nossa, ficou parecendo os enigmas do Bial). Mas é isso que penso, sim! E chega desse mimimi infindo de que tudo é azul pra gente obesa, de que todo o processo é fácil e que falta mesmo é vergonha na cara. Tudo bullshit! O que não quer dizer que vc vá desistir de tentar de melhorar na alimentação, de entrar no VP, de não se inscrever na academia ou de parar de caminhar na praia. Não é nada disso. Só creio que tratar do físico e tratar do emocional sejam duas coisas que devam caminhar juntas!!! Juntinhas MESMO!!! Passo a passo. Fácil não é nem com terapia. Mas acho que o caminho deva ficar mais claro, sem tantas nuvens e retrocesso.

Ah, não é apologia apenas à terapia, divã - apesar deu achar que todo o planeta devesse passar por isso - mas é por qualquer forma de autoconhecimento. Aí vale meditação, livros, retiros, cursos, palestras, grupos de apoio, etc... Qualquer coisa. Louise Hay não curou um cancêr estudando sobre mentalismo positivista? Então... ela acreditou que se libertando das mágoas já estaria tirando um peso enorme da sua vida e fazendo regredir muitas células cancerígenas para retomar a sua perfeita saúde. Vale a pena procurar o autoconhecimento dando o primeiro passo que pode ser simples assim: acreditando na importância de se conhecer melhor, identificando o que te prende e assim se libertando das amarras que teimam em nos manter acorrentados em algum lugar do passado ou do futuro, mas que quase nunca nos mantem no presente!!!

Um beijo


32 comentários:

  1. eu assisti quilo por quilo e sim foi triste, morri de dó, mas ele é um viciado e viciado precisa se tratar, nao basta so passar a mao na cabeça e enter.
    acredito que é um junçao de tudo
    emocional, fisico, vontade
    nao adianta cuidar da cabeça e continuar comendo igual doido ou nao malhando
    precisa juntar tudo..
    compulsao é doenca
    doenca tem cura
    tem que correr atras, lutar, tentar.
    é dificil, se fosse facil, estariamos todos magros e saudaveis...
    mas nao é impossivel.

    ResponderExcluir
  2. Você tem toda razão, as duas coisas caminham juntas!
    Não dá pra tratar um e esquecer o outro.
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. amiga eu vi tb...fiquei muito triste pelo rapaz...chorei junto com ele "/ aff...sou manteiga derretida mesmo, mas é muito difícil mesmo né e o pior é que a maioria das pessoas que está a nossa volta não entende que o vicio por comida é a mesma coisa que se fosse por uma outra droga qualquer...eles acham que as pessoas obesas são assim por pura falta de vergonha na cara...lógico que tem pessoas assim mesmo, mas acho que a maioria não é....tem alguma coisa por trás do peso todo!
    qnd fazia facul de psicologia minha teacher dizia que todos deveriam fazer mesmo!
    // em relação ao meu post...meu noivo deu um fora na mulher sim, mesmo sendo velha...é o que dizem né?! fala o que quer, escuta o que não quer! rs

    ResponderExcluir
  4. Nossa, que história triste desse rapaz!
    Mas mostra pra gente mesmo, que não é só o corpo que precisa de atenção!!!
    Sobre a bicicleta, coloca peso pra você ver se vai conseguir cantar em cima... rs!
    Bjo

    ResponderExcluir
  5. È amiga tem que tratar o corpo, a mente e o espírito, pois uma coisa faz parte da outra. Bjs!

    ResponderExcluir
  6. concordo plenamente com vc sabe eu tava pensando nisto hj e vou marcar um psicologo pra mim acho que tem coisas na minha vida que me impedem de me livrar deste peso ! beijinhos ke .

    ResponderExcluir
  7. oi, eu nao vi, mas sem duvidas, tratar a a mente antes do corpo é fundamental.
    beijos e boa tarde

    ResponderExcluir
  8. Eu faço apologia a terapia!
    Deveria fazer parte da cesta básica!
    Todo mundo deveria trabalhar o emocional!

    Muitas blogueiras não sabem se tem apenas GULA ou COMPULSÃO POR COMIDA!

    Eu fazia brigadeiro todo dia!
    Na hora que Biju ia tomar banho pra dormir!
    Abafa!

    O caso do rapaz foi triste,sim
    Que bom que participou do programa e foi cuidar do psicológico!

    Beijaum

    ResponderExcluir
  9. Lendo seu post de hj,acho que é exatamente isso que está acontecendo comigo...meu emocional está tão bagunçado q não consigo dar continuidade a minha R.A
    To numa fase q não acredito em mim mesma eu acho...me achando zero a esquerda,e ai já sabe o resultado...
    Mas preciso tomar as rédias da situação...
    Obrigada por nos alertar,nos fazer abrir os olhos pra quem sabe ai começar a consertar as coisas!!!!
    Bjuuuuuuuuusssssssssssss

    ResponderExcluir
  10. Oiii que show esse teu post..
    e concordo muito..o emocional é tudo..ele que coordena essa nossa ansiedade, nossos altos e baixos..e mais ainda essa nossa guerra com o corpo...muto bom ler isso... e precisamso saber lidar sim...
    um beijoooo e boa noite para vc.

    ResponderExcluir
  11. eu to numa fase meio desanimada, pós doença...mas tenho q voltar aos eixos.
    eu vi o programa e morri de pena dele, pq me vi...é difícil demais.

    Beijosssssssssssssssss
    ┌──»ʍi૮ђα ツ

    ResponderExcluir
  12. oi RACHEL OBRIGADA PELA VISITA ,GRAVEI O PROGRAMA E ASSISTI HOJE , TENHO TODOS GRAVADOS, POIS QUANDO ESTOU DESMOTIVADA ASSISTO E FICO ANIMADA NOVAMENTE , VC VIU O O PERDER PARA GANHAR ESTA DE VOLTA NA 7 TEMPORADA , ESTA PASSANDO AS 20 HS, VC ASSISTIU EM FORMA COM JILLIAN NOSSA EU AMAVA MAIS AGORA COLOCOU QUILO POR QUILO NO LUGAR ,GOSTO MUITO DESSES PROGRAMAS.
    VOLTANDO NO CASO DO RAPAZ DO PROGRAMA ,TINHA O MESMO VÍCIO QUE ELE SOU UMA VICIADA TAMBÉM , SÓ QUE ME CONTROLO,EVITO PASSAR PERTO , AQUI NA MINHA RUA TEM 5 LANCHONETES TODOS OS DONOS FICARAM AMIGOS MEUS E ESTRANHAM MEU SUMIÇO, HOJE QUANDO VOLTAVA DA CASA DA MINHA IRMÃ UMA DONA DA LANCHONETE ME PAROU E PERGUNTOU PORQUE TINHA SUMIDO , E QUE EU ESTAVA MAGRA EU DISSE ASSIM E PORQUE EU RESOLVI CUIDAR DE MIM EU NÃO QUERO SER CONSUMIDA POR ESSE VICÍO MALDITO, ELA RIU MAIS EU FALEI SERIO ,MUITAS PESSOAS FICAM IMPRESSIONADA QUANDO ME VEM NA RUA QUE TEM MUITO TEMPO QUE NÃO ME VÊ FALA ,NOSSA COMO VC EMAGRECEU EU FICO TÃO FELIZ , E SEI QUE ISSO É SÓ O COMEÇO, EU ME LEMBRO QUE COMIA LANCHES TODOS OS DIAS SEM FALTAR UM , HOJE CONSIGO PASSAR SEM MAIS DEPOIS DE MUITAS LAGRIMAS POIS O VICIO POR COMIDA E IGUAL A QUALQUER TIPO DE VÍCIO COMO ALCOOL , CRACK , E OUTROS MAIS , TENTO LEVAR COMIGO O LEMA DO AAA, SÓ POR HOJE , DIA APOS DIA É UMA VITÓRIA EU PREOCUPO COM O DIA DE HOJE ,EM DAR MEU MELHOR!BJS ATÉ MAIS

    ResponderExcluir
  13. Oi Rachel! eu penso que quem não consegue emagrecer porque não tem controle sobre a comida é como uma pessoa viciada, precisa se tratar. Pelo menso é assim que eu me sentia. Uma viciada!!! Precisa de ajuda!Gostei do teu post.
    bjs

    ResponderExcluir
  14. q programa é esse,quero ver!!!!!!
    Raquel concordo com vc em genero numero e grau.Eu estou realizando um projeto aqui em minha cidade e um dos meus objetivos é ajudar as pessoas a enxergarem isso.Vou contar com o apoio de uma nutricionista,um psicologo,uma endocrinologia e uma academia de gináitica.Vou realizar encontros e ministrar palestras. E mais coisas q ainda estão sendo definidas.
    mas concordo q o emocional deve ser tratado,commmmmm certeza.

    ResponderExcluir
  15. Nossa Rachel,
    PERFEITO O POST!
    Por isso defendo ardorosamente: TERAPIA é fundamental!!!
    Precisamos enfrentar as razões de termos engordado...
    Pq nos descuidamos a este ponto???
    Sem tratar disto, podemos emagrecer, mas nos mantermos magras será difícil...
    Vamos enfrentar os esqueletos que escondemos na comida...
    Beijossss

    ResponderExcluir
  16. Pode até não ser o Bial, mas, falou tão bem quanto. Parabéns, acho que com seu depoimento já dispensou pelo menos umas 3 sessões de terapia.

    ResponderExcluir
  17. ai nunca lembro!!!
    eh toda segunda?
    e o biggest loser? qnd eh???

    é cara...
    se eu pudesse, sem duvida faria isso q vc disse, de ter um acompanhamento piscicologico junto com a minha RA.

    Infelizmente é caro demais.
    Será que tem algum desses tipo voluntario??

    seria bom pesquisar ne???
    vou ver isso!!

    o beijo

    ResponderExcluir
  18. VOCÊ É INCRÍVEL!
    Concordo com tu-di-nhooo!

    Beijos no s2!

    ResponderExcluir
  19. Caramba hein menina, que post SENSACIONAL! Tens toda razão! Se não trabalhar o lado emocional primeiro não adianta de nada emagrecer o corpo. É como o próprio Chris Powell falou em um programa, ninguém fica morbidamente obeso sem uma razao psicologica por tras! Tem que ir mais a fundo.

    Ah, quanto a bicicleta, PARABÉNS! Vc acaba de ganhar condicionamento físico :D

    O fato de seu coraçao nao ter acelerado dessa vez significa que agora vc precisa de mais esforço pra manter o coração no ritmo de antes, nao sei se deu pra entender mto bem mas isso é bom! Tudo gira em torno dos batimentos cardiacos. Pode acelerar mais um pouquinho na bike que tu queima gordura rapidinho!

    Bjosssss

    ResponderExcluir
  20. oi amiga, amei seus blogs, hehehe..
    ja estou seguindo! olha, eu tambem asssiti ontem o quilo por quilo, alias, eu assisto todossss...rs
    eu programo o lembrete, em todos!
    e o biggest loser tambem, vi anteontem...muito show! deu pena do velhinho...mas depois ele emagreceu em casa!
    obrigada por me visitar, bjinhussss

    ResponderExcluir
  21. Totalmente verdade!!

    Obesidade tem muito pouco de origem fisica... está tudo na cabeça da gente e nos motivos que nos levam a comer como forma de agressão a nós mesmos.
    Então o caminho terá que passar por resolver dentro de nós as questões que nos levaram a engordar. O caminho é lento mas é o único que nos poderá levar a algum lado.

    Bjs querida! =) Tou aqui torcendo muiiitooo=)

    www.missaoemforma.blogspot.com

    ResponderExcluir
  22. ei!
    adorei o post e concordo plenamente!!!!
    bjos

    ResponderExcluir
  23. Concordo muito com voce Ana. Sinceramente, acho que desde as primeiras tentaivas para emagrecer, o correto mesmo seria começar cuidando da cabeça e depois ir para a dieta, e não ao contrário como é feito. Muitas vezes as nutris dizem que se a gente não conseguir aí seremos encaminhados para psico. E raramente isso acontece, pois não é falado do quanto são importantes. Infelizmente tambem o processo é longo e não é barato. Mas é sim importantíssimo! Bjão!

    ResponderExcluir
  24. ANA, quem é Ana meu pai???? Hehehe

    ResponderExcluir
  25. Sinto muito Rachel, me confundi de blog. Abraço.

    ResponderExcluir
  26. Eu concordo e muito com vc e tenho questionado muito se devo ou não procurar um psicólogo, psiquiatra...
    Eu não queria aceitar, mas agora e depois de ler esse post, descubro que preciso sim de ajuda, para encarar meus medos, minha insegurança...
    Eu SEMPRE descontei minhas frustrações na comida. Desde que me entendo por gente...
    Acho que chegou a hora de cuidar da minha cabecinha além de cuidar do meu corpo!
    Ótimo post!
    Obrigado!

    Li

    ResponderExcluir
  27. Olha miga eu não gosto de baic gosto mesmo e de esteira mais gosto mais é de correr na rua. Já faz um tempo que não corro na rua pq meus joelhos doi.Eu digo que fazer dieta é como um alcoolatra tem que ser um dia de cada vez é nunca desistir meso que vc meta o pé na jaca em um dia no outro vc respira fundo é recomeça beijos

    ResponderExcluir
  28. Concordo com vc viu. Sem resolver os demais problemas, nem redução de estomago funciona.

    Bjs!

    ResponderExcluir
  29. Olá, adorei seu texto, super sensato! Eu estava na porta da cirurgia bariatrica, mas achei minha tabua de salvação pois tenho que perder 35 kg, é a dieta HCG... Hoje estou no terceiro dia e perdi 1,4kg! Essa é somente a primeira fase, que acontecem perdas maiores para causar estimulo e motivação, mas o tratamento é de um ano com médico e nutrologo!! O nosso emocional ruim está muito vinculado a questões hormonais, por isso o tratamento é com modulação hormonal e apos os 40 dias do protocolo do HCG utiliza-se os parametros da dieta em zona... estou adorando e só acredito que vai dar certo por não ser milagroso e a longo prazo. O meu foco é manter o que emagrecerei!!!! isso está em primeiro lugar.
    depois passe lá pra vc ver a minha evolução, tá?
    BEijos
    Ahh.. vou te seguir...
    Cris - emagrecendocomhcg.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  30. Oi flor!!
    obrigada pela visitinha...
    Puxa, eu chorei assistindo o programa, foi bem triste,, é muito fácil falar pra quem não está na mesma situação..obesidade é doença e não sem vergonhice ..

    Eu faço bike em casa tb...mesmo q vc ache q não tá surtindo efeito, pode ter certreza q está...é muito bom!! Minha bike já tá velhinha e a uso há uns dez anos..posso dizer q minhas pernas estão moldadas hoje, graças a minha velha de guerra rsrs

    bjinhus

    ResponderExcluir
  31. Oi obrigado pelo comentário de melhoras, Também sempre assisto esse programa é maravilhoso ..... comecei a seguir seu blog hj , me identifiquei com você tbm estou na luta pra emagrecer e é isso ai .... FORÇA DE VONTADE que agente consegue ..... Me segue tbm Bjnhuxxx

    ResponderExcluir
  32. "Só creio que tratar do físico e tratar do emocional sejam duas coisas que devam caminhar juntas!!!" - também acredito!

    ResponderExcluir