06 agosto 2012

Estar de dieta te apavora?

postado por Rachel



Trecho do livro Mulheres Comida & Deus que fez todo sentido para mim:
A maioria de nós, porém, passou tantos anos questionando seu direito de ocupar um espaço que só conhece uma maneira de ser ouvida, quando diz: "Eu sou a rainha, eu sou a rainha, vocês não podem controlar o que como!". Depois de anos confundindo fome física com fome espiritual, e, depois de anos dizendo a nós mesmas que o que somos é o que pesamos, desenvolvemos uma sensibilidade muito grande quando nos dizem o que, quando e quanto comer. É como se, em certo nível, nosso incontido brilho, ainda que inconsciente, levantasse a cabeça e dissesse: "Eu não ficarei enjaulado. Eu não serei limitado". Mulheres Comida & Deus. Página 170
Entendi, que em determinados momentos da vida, somos tão cerceados dos nossos sonhos, das nossas vontades, que quando você finalmente se vê livre, acha um ABSURDO ter algo que o restrinja novamente - mesmo que essa restrição seja para o nosso bem. Você pode estar apostando no lugar certo, na hora certa, com muita vontade de evoluir, mas é só começarem a querer lhe impor certos limites, para você odiar o ambiente, para você dar as costas para as pessoas e para você, inconscientemente. Assim, você se pega desistindo de todo o processo e de suas metas.

Quantas vezes você saiu do Vigilantes do Peso, adorou a palestra, mas segundos depois se sentiu sozinho na multidão, esquisito por ter que escrever tudo o que comeu, injustiçado por ter que contabilizar pontos sem ultrapassar sua cota diária e ainda com a tremenda "pressão" de TER QUE mostrar resultados na semana seguinte? Quantas vezes você começou a freqüentar um grupo de apoio, adorou, mas começou a achar que aquilo tudo era doidice demais, que você era melhor do que todos e que seus problemas nem se comparavam aos problemas deles, sendo que no fundo tudo era tão igual, era só uma questão de admitir? Quantas vezes juntou grana para ir àquela nutricionista que emagreceu sua colega de trabalho 40 quilos, marcou a data, foi, saiu feliz com seu plano alimentar debaixo do braço, gastou uma nota com alimentos e suplementos, mas tomou um ódio semanas depois e abandonou tudo antes mesmo de voltar para segunda consulta?

Talvez, muitas pessoas, possam estar sofrendo por não admitirem mais qualquer tipo de restrição em suas vidas, caso tenham vivido momentos de opressão no passado. Talvez, a comida as dê, uma falsa impressão, de liberdade, de estarem no comando. Por isso, tenho absoluta certeza, que vale ir atrás e investigar de coração aberto seus reais motivos. Uma família que cobra perfeição, um chefe abusivo, um marido manipulador, um passado cheio de Não's, talvez sejam pontos a serem considerados para a solução dos seus problemas. É apenas uma questão de identificar, trabalhar e se libertar.


29 comentários:

  1. menina, que bom que esse livro caiu em tua mão, acho que fez muito bem falar dele aqui no blog, adoro ler suas reflexões.
    beijos

    ResponderExcluir
  2. E se for uma restrição bem radical, piora tudo! É engraçado como as pessoas encaram as coisas de modo diferente... Vejo o Vigilantes meio que como um libertador pois posso continuar comendo meus docinhos e não sou obrigada a comer só isso ou só aquilo. Mas a restrição da quantidade incomoda de vez em quando e é isso que você escreveu, mexe com o que tem lá dentro, no inconsciente.

    Bjo

    ResponderExcluir
  3. adorei o post viu!!!!!
    e bom mesmo isso!!!! adorei!!
    beijo

    ResponderExcluir
  4. Acho que tem tudo a ver mesmo. Eu lembro de uma época que eu falava: "não faço nada pra me divertir, nem comer eu posso?!" Hoje vejo como estava errada. Mas como você mesma disse aqui, a reeducação alimentar é também um caminho para o auto-conhecimento. E acho que só dessa forma conseguimos seguir uma dieta por muito tempo. Entendendo como a gente funciona, porque chegamos a esse ponto, etc.

    O encontro no Rio vai ser esse mês? Tô indo pra lá na semana que vem e seria ótimo encontrar com você! Estarei em Botafogo!!! Assim que tiver certeza, me avisa?!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  5. post nota milll
    sem comentários
    beijosss

    ResponderExcluir
  6. oiii flor.. caramba.. falou tudo.. falou e disse..rsrsrs

    e bem vdd tudo que escreveuu.. mas vamos continuar devagar e sempre!!! bjusss

    ResponderExcluir
  7. Oi Rachel!
    Vim retribuir tua visita ao DeVerdade e encontrei um blog muito, mas muito bacana! Já estou ali, nos seguidores e vou vir te visitar sempre!
    Vamos emagrecer!
    Bjs
    Keli

    ResponderExcluir
  8. Encotrar as próprias verdades e, mesmo doedo, encará-las, traz libertação.

    ResponderExcluir
  9. Muito boa a reflexão...me deu muita vontade de ler o livro...valeu pelo post.Bjos

    ResponderExcluir
  10. Valeu pela força Raquel é um prazer ter você no meu blog e estamos na luta juntas, pois sei que SOMOS CAPAZES!!!
    Bjos! Vou te seguir!

    ResponderExcluir
  11. Ótimo post, bastante interessante esse livro. Ótima semana! bjss

    ResponderExcluir
  12. Oi linda agradecendo a sua visitinha no blog e passando para desejar boa sorte nessa luta diária, que não é nada fácil, mas que quando ganhamos companheiras de luta se torna mais prazerosa...

    conta comigo

    bjos

    Susi Sales

    ResponderExcluir
  13. Um post coberto de grandes verdades, amiga ! Um beijo.

    ResponderExcluir
  14. Saudações Rachel! Obrigada pelas palavras! Adorei teu post também, espero vê-la no Desafio Dominatrix! Beijos e abraços!

    ResponderExcluir
  15. Adorei o post e fiquei com vontade de ler o livro mulheres comida e Deus.
    Beijos boa semana...

    ResponderExcluir
  16. Nossa Rachel estava precisando ler isso hj, que texto confrontador, gostei de sua reflexão sobre o assunto.

    Temos mesmo que investigar algumas coisas que influenciam nossas atitudes..
    Muito bem exposto!

    Abraços e uma ótima semana pra vc!

    ResponderExcluir
  17. Oi Rachel!
    Olha, já perdi as contas de quantas vezes demonstrei minha "força" comendo. Era bem isso mesmo, "sou livre e independente e posso comer o quanto quiser e NINGUÉM vai dizer o contrário." E as pessoas não diziam mesmo, só que me olhavam com pena...
    Dói perceber isso, mas o só tempo e a experiência mostram o quanto você está equivocada, que ser livre e independente não significa comer loucamente para demonstra que se é dona da situação. Na verdade, isso é deplorável.
    Dói pedir ajuda e dói mais ainda RECONHECER que precisa ser ajudada. Eu preciso de ajuda, sei disso. Estou tentando mais uma vez e quero ser bem sucedida nesta tentativa. Todos os dias peço ao universo que não me deixe desistir, que eu não desanime diante do tempo e do caminho que ainda tenho pela frente.
    Quero tanto seguir em frente, tanto, tanto!
    Vamos conseguir juntas, cada uma no seu tempo, mas tenho certeza que ainda comemoraremos nossas conquistas!
    Um beijo querida!

    www.relatosdoemagrecimento.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  18. Nossa tenho que ler esse livro. Muito interessante. Obrigada pela visita ao meu blog.

    Tenha uma Ótima semana.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  19. Oi linda, muito obrigada viu? Conto muito com seu carinho nessa jornada e pode contar comigo quando quiser!
    Beijos e uma ótima noite!

    ResponderExcluir
  20. Você praticamente jogou uma bomba nas mãos das suas leitoras, hahaha
    Tanto no bom quanto no mau sentido.
    Algumas leitoras se forem firmes como você terão excelentes resultados nessa busca de respostas, mas outras mais frágeis poderão entrar em conflito, e isso seria um caos na vida delas (opinião de futura psicóloga).
    Mas fico imensamente feliz por conseguir modificar suas idéias a partir desse trecho que tem total sentido com o que você escreveu.

    =)

    Que sua semana seja linda.
    Beijos

    ResponderExcluir
  21. Puxaaaaaa.... Tudo a ver com o meu post de hoje hein?!?!?!

    Muita coisa boa pra refletir no seu post de hoje, parabéns!!!

    Respondi seu recadinho lá no blog!

    Beijos

    ResponderExcluir
  22. COMIGO É SUPER NORMAL... ACONTECE SEMPRE INCLUSIVE AS FRASES ACABO ESQUECENDO RSRSRS.... MAS É UM JEITO QUE ENCONTRAMOS PARA DAR UM 'JEITO' NO MOMENTO QUE ESTAMOS PRECISANDO OUVIR OU LER AQUILO... CERTO? RSRS DEU PRA ENTENDER? BOM VC ME CONHECE E SABE QUE SAI UMAS CARAMINHOLAS DE VEZ EM QUANDO RSRSRS!!! BEIJAO SUCESSO SEMPRE!

    ResponderExcluir
  23. Que bom, estava com peso na consciência de ter sido dura ou muito direta no meu comentário.
    Acredito pelos comentários aqui em cima que as leitoras tirarão proveitos bons do post! =)

    boa noite, beijos

    ResponderExcluir
  24. Que bom, estava com peso na consciência de ter sido dura ou muito direta no meu comentário.
    Acredito pelos comentários aqui em cima que as leitoras tirarão proveitos bons do post! =)

    boa noite, beijos

    ResponderExcluir
  25. Se libertar para viver. Não se esqueça que quem tem o controle da sua vida é vc. Vc pode tomar as rédeas da sua vida e guiá-la por onde quiser. É preciso autoconhecimento, vontade e disciplina. Bela vc fez reflexões!

    Beijo


    Valber
    emagrecimentosemsegredos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  26. Sabe aquela velha frase clichê, mas que é a pura verdade quando se diz que as coisas são simples e as pessoas é que complicam? Acho que é bem isso, nós todos sabemos exatamente o que fazer como agir e quais podem ser as consequências, mas...
    Mas graças a Deus chega uma época em nossas vidas que vamos aprendendo a fazer escolhas, lutar por elas e dizer sim ou não sem ficar em cima do muro e eu vejo que "nesse círculo" esse é o momento pra mtos, por isso que estamos todos aqui hj. Acho que falei demais..bjus!

    ResponderExcluir
  27. Bem interessante ... é de se pensar!!! Beijos, boa semana!!!

    ResponderExcluir