09 outubro 2014

Mudando um mau hábito por vez

postado por Cottage Regressiva

Pinterest

Tenho recebido bem mais emails do que comentários e sei bem o motivo. Por email as pessoas se sentem mais à vontade para desabafar e para dizer tudo aquilo que, por vezes, não confessam nem para as pessoas mais próximas. Compreendo e tento responder a todos com o máximo de detalhes. Bom, citei esse assunto, pois a maioria dos relatos tem um tom cheio de ansiedade e querem alguma dica, algum sinal, algum jeitinho especial, para deixarem o seu ciclo auto-destrutivo de lado (comer excessivamente, sentir-se culpado, prometer a si mesmo que amanhã será diferente - sem esse amanhã nunca chegar).

Eu não sei um conselho que sirva para todos - já que parto da premissa que muito disso possa ter um fundo emocional - mas li que é melhor tentar mudar apenas UM HÁBITO POR VEZ. Então, fiquei pensando, será que para quem está nesse processo difícil (e serve também para quem estava na linha e por algum motivo desandou) não seja mais eficaz começar apenas tentando controlar a qualidade da alimentação ou apenas a quantidade ou iniciar uma atividade física nova sem pensar numa dieta tão restrita? Muitos já querem cumprir um cronograma com várias atividades novas, mas não estão preparados internamente para uma mudança tão "drástica" em suas vidas.

Mudar hábitos demanda força, ordem, desapego. Exige comprometimento, planejamento, investimento, energia física, mental, motivação, concentração, boa vontade, disponibilidade, tentativa, erro, paciência. Cada nova mudança exige muito de nós e não tem nada a ver com sermos preguiçosos ou sem força ou conformados. Talvez, se você tentar se concentrar apenas na correção da alimentação por uma semana ou um mês e só depois incluir algo a mais como a atividade física, não se sentirá tão sobrecarregado.

De sexta (10) até sexta (17) irei enxugar a alimentação. Nada de doces, salgadinhos, biscoitinhos, pães gordinhos... Vou ficar o mais saudável possível. Será divertido e compartilho.



9 comentários:

  1. Ótimo post, Rachel! E a foto, nem se fala! Que coisa linda, né? É bom a gente se inspirar pra continuar (ou começar!)

    Um beijo ^^

    ResponderExcluir
  2. Adorei a ideia de "tentar mudar um hábito de cada vez"! Fico insatisfeita com várias coisinhas, e acabo não fazendo nada para mudá-las ou melhorá-las, o que me gera mais insatisfação... Vou aplicar na minha vida!
    E compartilha mesmo, Rachel, sua semaninha com a gente! Motivação nunca é demais!!!
    Bjs! =)

    ResponderExcluir
  3. Concordo, acho que uma mudança de cada vez fica mais fácil de ser incorporada e mantida! Beijinho e bom fim de semana!!

    ResponderExcluir
  4. uau....e dá-lhe desafios!
    Boa sorte!

    bjãoo

    ResponderExcluir
  5. Olá Rachel, isso é oq sempre tento fazer, uma coisa de cada vez, pq senão não dou conta nem de um e nem de outro.
    Uma coisa de cada vez e um dia de cada vez.
    Bjks

    ResponderExcluir
  6. corretíssima!..um hábito de cada vez....qd ganharmos confiança em um novo costume, passamos pra outro...

    bom findi e bjks

    ResponderExcluir
  7. O e-mail é mais pessoal... Os comentários são uma coisa um bocado distante, o e-mail tem um tom de conversa amigável :) é simpático da tua parte responderes a todos com cuidado e paciência! :)
    Acho que tens razão. Não é bom que haja uma fronteira demasiado clara entre a dieta anterior e a nova, porque se é "ou 8 ou 80" é fácil passar da linha e voltar ao início. Não é lá muito equilibrado conhecer só 2 maneiras de encarar a dieta - ou chocolate e pizza ou salada e frango. Se as mudanças forem graduais pode-se tornar um estilo de vida "tolerável" e agradável, mas isso é difícil se for uma coisa muito radical. Acaba por ser 1 mês normal e 1 semana de dieta. Nos primeiros dias com motivação em alta, depois volta ao mesmo...
    Uma mudança gradual parece uma boa opção, resumidamente :P até porque para alguém que nunca teve cuidados serve perfeitamente - primeiro ter cuidado com a qualidade da comida, depois quantidade, introduzir o exercício,... Para quem quer perder muito peso até é bom não fazer tudo de uma vez para depois ter armas contra a estagnação. Se forem passinhos exageradamente pequenos por períodos de tempo demasiado grandes também é um processo lento, mas feito de maneira adequada dá para incorporar um hábito na rotina até que não seja grande sacrifício e a partir daí seguir :) senão parece um desabamento repentino, não conheço ninguém que tenha mantido...
    Vou acompanhando, quero saber como corre! ;)

    ResponderExcluir
  8. Falou tudo! Eu disse à minha filha que me ajudasse a controlar as porções no prato! Já que estou sem atividade, que seja tudo mais leve até que eu volte! É bem por ai!

    ResponderExcluir
  9. Andei por fora da blogosfera light e passei por aqui para uma visitinha...E me surpreendi com uma foto sua na template. Você é tão linda!!!

    Já casou? Como anda a vida?

    Sobre um mau hábito de cada vez, tem sido o meu lema...Uma vida cheia de maus hábitos não se muda da noite para o dia. Então, estou me empenhando 40 dias para cada mau hábito!

    unenouvellefemme.blogspot.com

    ResponderExcluir