29 março 2015

Relatos da vida real - Parte 1

postado por Cottage Regressiva

Pinterest


Oi, me chamo Laura e estou começando a dieta hoje. Ontem fui ao supermercado e comprei um monte de fruta e legume. Não quero fazer uma dieta para virar uma dessas musas fitness e nunca mais poder comer um brigadeiro. Ah, também não quero ficar horas na academia. Eu quero apenas melhorar a minha qualidade de vida, quero subir escadas sem ficar ofegante, quero dormir melhor, quero ter mais pique no trabalho. Então começo hoje minha saga, espero que você me acompanhe e que a gente possa trocar dicas. Aliás, acabei de comprar um suco orgânico e depois digo se é bom. Me siga no Instagram que acabei de criar, pois lá compartilho essa minha nova fase e a gente troca experiências.

Olá, tudo bem? Sou Marília, sou nova por aqui. Peso 140 quilos, estou hipertensa e meu médico disse que ou eu mudo ou eu não chego aos 40 anos. Meu sonho é ser mãe, mas o tempo está passando e eu não sei se vou conseguir perder todo o peso necessário para poder ter um filho de forma saudável. Já estou com 32 e ainda não consigo seguir nenhuma dieta. Eu tento, eu quero, eu me esforço, mas nada disso dura mais que duas semanas. Estou pensando em operar, mas eu não sei se vou resistir a um pedaço gigante de torta só por que estou operada. Eu sei que tenho que fazer a minha parte, mas a vontade de comer é mais forte do que eu. Não sei se minha vida é chata ou se eu não gosto de mim por conta de coisas que me aconteceram no passado, mas a verdade é que amo comer. Sinto o maior prazer. Tudo pra mim se resume em arrumar um motivo para festejar: com comida. Me relaxa, me faz esquecer dos problemas. Eu queria ser diferente, queria ter nascido outra pessoa. Eu queria comer, não engordar e poder ficar quieta na minha o dia todo sem pensar em nada disso. Estou exausta. Eu não ando gostando nada de mim, mas isso só me dá mais vontade de comer.

Oi, sou Amanda e vim dizer que comprei um monte de roupa de academia para me motivar. Decidi mesmo adentrar nesse lance de vida saudável. Eu vou ficar fazendo a academia do meu prédio mesmo, pois meu tempo é curto e não quero que atrapalhe meu trabalho. Mesmo assim, adorei ter feito esse investimento em roupas super fofas, pois são elas que me dão ânimo extra para descer e malhar. Cada peça linda, com cores vibrantes, eu olho e já me dá aquela necessidade de fazer ginástica. Tenho certeza que em seis meses melhoro meu corpo e perco esses três quilinhos que se acumularam todo na minha barriga. Tenho amado as receitas de suco verde, me sinto saciada até a hora do almoço.

Oi, sou o João. Eu fico um pouco tímido em falar sobre isso, mas eu preciso. Estou tentando fazer dieta e perder uns 60 quilos sozinho. Quer dizer, eu tenho um médico que me acompanha, ele me mete um monte de medo, mas creio que ele esteja querendo o meu bem. Não tem sido fácil para mim, por isso vivo buscando pessoas que estão passando pela mesma situação. Não sei o que seria de mim sem ler sobre outras pessoas que venceram ou que passaram pelo mesmo que estou passando. Adorei sua indicação dos livros da Renate Gockel. Essa troca me anima, afinal, eu não sei vocês, mas dentro da minha casa só tenho quem me coloque para baixo. Eles dizem que nunca vou conseguir, que preciso ser menos radical na dieta, me oferecem de um tudo e ainda riem dos meus resultados. Eu dou pulos de alegria quando perco oitocentos gramas, eles acham ridículo. Passei a não falar mais sobre isso. Ainda fico puto quando minha mãe coloca meu prato e faz aquela montanha, mas agora eu vou disfarçando, como apenas o que estipulei e o resto dou um jeito de jogar fora. Não é fácil todos os dias olhar aquele prato e decidir comer apenas uma parte, mas é pro meu bem. Eu li em algum lugar que é melhor o lixo do que fazer meu corpo de lixo. Eu ficaria muito feliz se minha família me ajudasse, mas eu não tenho essa família, então, preciso ter a mim mesmo. 


*Nomes fictícios


5 comentários:

  1. Histórias verdadeiras que podem ter um final feliz!

    ResponderExcluir
  2. Nossa...muita gente lutando por uma vida mais saudável!
    Por isso é tão importante os blogs. Motivação com as historias dos outros e com as pessoas que passam pelo mesmo que nos!
    No inicio é mto dificil, já fui gordinha e quando me dei conta do estado que eu estava, pirei. Mas depois se cuidar se torna um vicio.
    bju

    ResponderExcluir
  3. Nossa, que blog mais lindo.
    Super inspirador suas postagens, meus parabéns!

    Beijos. ♥

    http://pitangarosaa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Adorei teu blog
    bjos

    http://tpmamoretc.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir