08 junho 2015

Rebeldia

postado por Cottage Regressiva




Sabe, tem alguma ligação em ser obeso e ser rebelde. O obeso precisa de muita ajuda, mas consegue achar mil defeitos na consulta com o nutricionista, na planilha de treino da academia, na academia, na salada do restaurante, na reunião de grupo, no grupo... Temos dificuldade em aceitar ajuda e dificuldade em seguir regras. Ficamos nos questionamentos infindos e na paralisação que isso causa. Não, não estou dizendo que devemos engolir a seco tudo que chega até nós, mas estou dizendo que em algum momento vamos ter que escolher uma das opções e nos curvar a algum tipo de orientação e apenas fazer o que realmente deve ser feito.

Eu já recebi muita ajuda por todos os lados com real possibilidade de dar jeito na minha obesidade e nunca estive verdadeiramente desarmada para aceitar nada. Lembro da minha primeira psicóloga (2010) ter me perguntado se eu estava disposta a emagrecer e eu dizer prontamente que sim. Lembro dela na mesma hora ter me perguntado se eu estava então disposta a fazer exercícios e largar os doces e eu responder imediatamente que NÃO. Ela serenamente finalizou: OK, está aí a sua escolha. Escolha. Tudo se resume à nossas escolhas. 

ACEITAR algum tipo de ajuda ou ACEITAR novas regras pode ser menos incômodo do que estar por anos a fio preso no mesmo lugar apenas sonhando com dias melhores, apenas se comparando com quem conseguiu, se lamentando por nunca conseguir concretizar nada. Essa sim é uma "prisão" muito pior.


19 comentários:

  1. Me vi tanto nisso... Puxa, eu O.D.E.I.O que me digam o que eu tenho que fazer. A única pessoa que consegue fazer isso é meu personal trainer, que, por coincidência, é meu namorado e sabe desse ódio. Aí ele não alivia mesmo... rsrsrsrs estou aprendendo a "obedecer" e estou mesmo tendo resultados que, admito, não achei que teria!

    Acho que é normal questionarmos tudo mesmo. Acho até uma qualidade. O problema é questionarmos o que a gente sabe que deve e precisa fazer. Aí vira meio que boicote, sabotagem... Porque é dieta + exercícios + descanso = perda de peso. Simples assim!

    Talvez seja mais fácil questionar do que comer sem muito prazer, fazer agachamento com dor do exercício anterior, dormir cedo pra recuperar o corpo...

    Me fez pensar muito, esse seu post ótimo, pra variar!

    Beijos e boa semana!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você pontuou muito bem, Mi! O fato é questionarmos exatamente aquilo que sabemos que não podemos fugir!!! Estou exatamente nesta fase agora: a da aceitação. Bjs e sucesso pra nós

      Excluir
  2. Putz Raquel, foi bem isso que fiz no começo, mas como você diz, aceitar a ajuda é também fazer com que a orientação seja seguida. Esta semana estou retomando algumas coisas, que a arrogância de achar que estava no caminho certo e que este caminho não teria mais desvios, acabou se perdendo. Mas vamos juntos. Obrigado pelo texto e por sempre rolar reflexões que posso me identificar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estamos mesmo juntos nessa, Atilio! Te acompanho e fico sempre feliz em ler suas reflexões e ver seu progresso! É um quebra-cabeça que vamos montando aos poucos! A gente consegue!

      Excluir
  3. Muito acertada a tua postagem, amiga. Precisamos de ajuda, temos que nos render aos ensinamentos dos profissionais que estão aí pra isso, NOS AJUDAR. Beijo.

    ResponderExcluir
  4. Adorei o post..acompanho o seu blog e sempre me identifico com suas postagens...um abraço e obrigada pela reflexão

    ResponderExcluir
  5. O último parágrafo já diz tudo. Tenho tentado adotar o mantra "não tem nada de errado em pedir ajuda" já há algum tempo, mas como você disse, temos que fazer nossa parte. Fiquei de birra com a nutricionista porque depois de três anos voltei para onde estava quando começamos como se a culpa fosse dela haha!

    No mais, QUE bom que voltou... eu que dei uma boa balançada depois da segunda metada de maio, mas depois de umas duas semanas bem ruim também estou voltando aos poucos, sem cobranças excessivas :)


    Beijo e ótima semana! :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou na mesma, Nádia. Tentando não ver mal nenhum em nada e me policiando quanto as cobranças absurdas... Anima aí, qualquer coisa escreva! Bjs

      Excluir
  6. Que post maravilhoso, Rachel. É muito mais fácil inventar desculpas do que se comprometer com algo, né? Acho que muitas vezes o medo de falhar é tão grande que paralisamos. Eu sou um pouco assim....venho trabalhando diariamente pra me livrar desse pânico em falhar, em me decepcionar..isso atrapalha pra caramba. Essa foto é no Aterro? To doida pra começar um treino funcional lá, moro perto, quem sabe qualquer dia a gente se esbarra por la!! Bios

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse treino foi na praia do Leblon, Ana! Adoro treinamento funcional. É maravilhoso! Vá sim, faz um bem danado. Será um prazer te encontrar em alguma assessoria por aí! Bjs

      Excluir
  7. Lendo esta postagem também percebi que se eu tivesse aceitado ajuda e mudança antes hoje talvez estaria no meu peso ideal, mas tudo tem o tempo certo né vamos em frente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso aí, Jenni! O importante é não desistirmos

      Excluir
  8. Realmente, nós somos os únicos no meio disso tudo que nos atrapalhamos. É a frustração de ser diferente. De saber que tem gente magra que pode fazer tudo que a gente "não" pode. Mas a gente nem sempre lembra que magreza não é sinal de saúde. A gente só quer saber de manter os nossos próprios prazeres intactos... É bem complicado. É uma luta intensa e diária! Mas que bom que com os erros nós aprendemos a acertar também.

    Boa sorte com a nutricionista! Espero que ela te dê um ótimo caminho pra chegar no seu objetivo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Andreia, obrigada pela força de sempre! O mais difícil é isso mesmo: sair da zona de conforto.

      Excluir
  9. Seu blog é o unico sobre emagrecimento que acompanho à risca e sempre saio daqui mais motivada, pois você fala sobre nossos sentimentos, não somente sobre receita fit / exercicios, afinal, tudo precisa se resolver aqui dentro primeiro.

    Adorei o texto, realmente, me sinto rebelde. Tanto com os profissionais ligados ao emagrecimento quanto com pessoas que não tem nada a ver com a historia. Apesar disso, por dentro sei que sou sentimental, meiga...Realmente o fato de não estar gostando ou satisfeito consigo mesmo nos faz rebeldes. Um atacar para se defender, talvez...

    Sempre disse que não precisava de nutricionista, que sei o que comer, apenas não conseguia seguir a dieta.
    Vou completar 1 ano de R.A e estou quase há 5 meses com o mesmo peso, apesar de já ter perdido por volta de 13kg...procurando ajuda para o efeito platô. Pensei em V.P...acho que aquelas reunioes e o fato de saber que tem alguem te acompanhando vai me ajudar :)

    Camilla

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camilla, obrigada por suas palavras! Acho que já deu para perceber que sou muito sensível também, né? Por isso bato mesmo nessa tecla de que quem come demais está tentando afogar algo que devemos na verdade deixar ir... Dá um medo danado largar o que nos é confortável, mas é tão necessário, não é mesmo? VP é ótimo exatamente por você ter essa troca com outras pessoas. Só de ver gente na mesma vibe, em busca do mesmo objetivo, já anima demais. Busque mesmo algo novo para que você não se canse e para que perceba que muitas outras pessoas passam pelo mesmo que você. Te desejo muito sucesso e continue dando notícias que adoro! Bjs

      Excluir
  10. Poxa, Rachel, sua postagem foi um tapa na cara! Eu nunca tinha pensado nisso dessa forma, mas é muito verdade que nós, gordinhos, ficamos contestando tudo e odiamos seguir regras...E nessa, ficamos eternamente estacionados no mesmo lugar, pulando de galho em galho, de método em método, em vez de seguir um e ir até o fim... Ficamos na eterna busca do método perfeito que vai nos permitir emagrecer sem sacrifícios... isso não existe!!! Não existe este sonhado método perfeito que se encaixa perfeitamente em nossas vidas e nos fará emagrecer perfeitamente bem sem sacrifício algum! Nossa, e o que vc postou sobre a psicóloga? "Eis a sua escolha! Nossa, foi um tapão na minha cara. Eu estou pronta pra emagrecer mas não pra largar os doces... eis a minha escolha! A gente quer todas as benesses do emagrecimento sem fazer nenhum sacrifício. Isso não existe, estamos vivendo de ilusões, estamos nos sabotando... obrigada por me acordar!!! Gostei demais desse texto!!!
    Beijos e continue firme, nós chegaremos lá!

    ResponderExcluir