09 julho 2015

Eu te digo

postado por Cottage Regressiva



Sempre que chorei por aí, em desespero com a obesidade, as pessoas disseram: vou te arrumar uma nutricionista; o boom do momento é dieta glúten free; você precisa de uma planilha de treino para seguir; coma apenas uma fatia de pão pela manhã; tenho uma amiga que operou o estômago e está ótima; caminhar é que emagrece; você precisa fazer academia; você deve excluir do cardápio gordura e açúcar; você tem que ter força de vontade. Mas nunca ninguém disse: Querida, a grande verdade é que você come os seus problemas. Pare agora e mude sua postura perante à vida, chega de abandono, volte a cuidar da pessoa mais importante desse mundo: você mesma. 
Então, estou aqui para lhe dizer isso agora...



8 comentários:

  1. Não é fácil mesmo. O nosso interior pé o mais dificil de controlar, e nele está a chave para uma vida mais saudável, não tem jeito nem dieta prescrita que supere!

    bju

    ResponderExcluir
  2. Estou lendo o "Mulheres, Comida e Deus" da Geneen Roth desde semana passada e ontem dei uma busca aqui pra ver se você tinha lido e encontrei seus posts sobre ela, acabei pedindo os outros dois livros ontem pelo Amazon... sei que não sou obesa, mas sei ver quando estou tendo comportamentos compensatórios (no meu caso, tenho isso com compras também) e estou adorando aprender e entender mais sobre esse lado que nós costumamos ignorar ao pensar apenas sobre alimentação saudável e atividade física...

    PS¹: tenta fazer treino intervalado na esteira, faço assim e o tempo passa bem mais rápido. No mais, parabéns por ir mesmo não gostando... não sei se você curte aulas mesmo da academia, por mim seria minha escolha, mas só posso ir ou muito cedo ou muito tarde e só me restam os aparelhos mesmo ai, ai.
    PS²: Parabéns pelo resultado! Não me pesei ainda esse mês, volto na nutricionista terça e resolvi esperar.


    :* Rachel

    ResponderExcluir
  3. Sabe amiga Rachel, eu bem sei o quanto de frustrações descontamos na comida... a gente come porque o trabalho tá uma droga, a gente come porque brigou com o marido, a gente come porque engoliu sapo, a gente come porque toda hora tem vontade de comer... A frustração é a mãe da obesidade. Procurei dar a volta por cima e fazer coisas que me dessem prazer de verdade: um bom livro, uma aula de dança, uma taça de vinho, um programa lixo na tv... mas o que me ajudou de verdade foi só fazer aquilo que eu realmente queira. Sem essa de estar em um evento só pra agradar, porque é importante para alguém... ir a um barzinho com uma pessoa superchata que te suga, ficar ao lado de pessoas negativas... Dei meu basta e estou tendo ótimos resultados, inclusive na balança. Ah, e parabéns pela eliminação! Beijokas.

    ResponderExcluir
  4. Que legal Rachel!!! Parabéns pela eliminação e por tudo que tem conquistado! Estou muito feliz por vc e passar por aqui dá uma motivada pra mim! Força amiga! Vc vai conseguir! Já está conseguindo!!!
    ♥♥

    ResponderExcluir
  5. Com certeza o meio externo nos consome e influencia muito! Parabéns por insistir na academia! No começo eu achava academia o maior saco da vida... musculação ...eca. Hoje adoro fazer! Vou quatro vezes na semana e gostaria de ir mais, só não vou pq é longe de casa.
    Foco!

    Thais :)
    www.agendafocoecozinha.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Rackel fico muito feliz por vc estar eliminando mesmo que devagarinho como eu. torço por vc bj

    ResponderExcluir
  7. Rachel, parabéns pela eliminação! Cada um tem que encontrar o seu ponto de equilíbrio e daí ir avançando. Fiquei feliz ao ler que vc pegou tudo o que ouviu, e criou algo SEU, SÓ SEU para poder chegar ao pódium, porque vitoriosa você já é. Beijo!

    ResponderExcluir
  8. Oi Rachel, que maravilha de eliminação!
    Realmente somos treinadas pra nos importarmos com tudo, menos com nós mesmos.
    Agora é voltar o foco pra si e curar cada ferida que a gente se fez.

    Boa semana querida!

    ResponderExcluir