23 maio 2016

Depois de...

postado por Cottage Regressiva

Depois de longos anos pensando exaustivamente em emagrecimento vejo que cheguei a reta final. Sim, obesidade é um problema, precisa de solução consciente, mas não dá pra falar disso a vida inteira e escrever sobre isso a vida inteira, ter um grupo de amigos destinados a apenas este assunto, fazer disso uma mini "carreira"... Tudo tem limite e o meu transbordou. Gente chata por centímetro quadrado, incapazes de trocar sentimentos, mas presos aos rótulos dos enlatados, às suas marmitas com batata doce, aos julgamentos desenfreados em cima de quem em evento familiar come um doce... As pessoas para curar a compulsão por comida começam a ter outras compulsões e a por criticar é uma delas. 

Eu quero equilibrio e desejo o mesmo a todos. Estamos passando pela fase da informação desenfreada e sem qualidade, infelizmente. O mundo é dos que consomem qualquer assunto lançado, sem a capacidade de questionar. Quero comer o doce no natal. Quero ficar feliz por ter malhado 3x na semana. Quero ter o descanso. Quero comer em viagens. Continuar vibrando com gramas eliminados. Quero ser naturalmente desencanada. Foda-se o que o mundo anda fazendo para se alienar... Cada um é cada um. Cada um sabe o que representa felicidade para si e não deve satisfação a mais ninguém além de si mesmo. Sejam felizes e parem de buscar fora o que só é possível obter dentro. Diga não para as modinhas, diga sim para a forma física que anda junto com sua saúde mental. Que a gente adentre a era da saúde que traz junto o bom senso, aquela que faz você dormir tranquilamente à noite, pois sabe que cuidou de si e deu o seu melhor. É, o seu melhor... Aquilo que você faz dentro de suas possibilidades sem precisar ser igual a ninguém. Sem precisar consumir modismo para sentir-se com saúde. Seja fiel a você e ao seu estilo de vida. Debata mesmo com profissionais e seus papos surreais. Corra atrás até achar um que esteja realmente disposto a ajudar você, não um personagem que ele gostaria que você fosse. Isso sim dá para ser levado saudavelmente para a vida inteira... 

Saúde.


9 comentários:

  1. Essa obsessão por "saúde" está se tornando uma doença mental coletiva, fato.

    ResponderExcluir
  2. Estou lendo um livro chamado "Dieta do Metabolismo Rápido" da Autora Haylie Pomroy.
    A autora comenta no livro que ficar estressada com a dieta ou sentir culpa depois de sair da dieta "engorda". Nosso organismo libera hormônios de estresse que estimulam o corpo a armazenar gordura.
    Outro comentário interessante no livro é que ter experiências prazerosas, até mesmo através da alimentação aumenta a chance de emagrecer.
    Até para emagrecer com saúde temos que encontrar um meio termo. Não dá para parar a vida para emagrecer!

    ResponderExcluir
  3. Por esses motivos que vou caminhando a passos de tartaruga, não abro mão de comer o que gosto, quero aprender a me alimentar mas também 'viver' enquanto isso! Então vamos continuando na sensatez, com equilíbrio tudo dá certo. bj

    ResponderExcluir
  4. So digo o q deu certo comigo: vigilantes do peso

    ResponderExcluir
  5. Amei o post. Fico abismada de ver tanta gente seguindo esses "ajudadores" de redes sociais, com suas dietas incríveis, produtos maravilhosos e indispensáveis ($$$$$ que patrocinam as páginas, claro!) e fotos "totalmente sem filtro" (SQN, né?). E a massa idolatrando esse tipo de gente "guerreira", "batalhadora", "iluminada" e "desinteressada"... que obviamente descola tudo free.. nutricionista, nutrólogo, academia, clínica de estética... Gordofobia disfarçada sob um discurso de saúde...Egos inflados disfarçados sob a capa da "auto estima" e do "amor próprio". De um lado, pessoas necessitadas de heróis. De outro, gente necessitada de elogios, reconhecimento e fãs pra se sentir melhor. Acho que tanto uns como outros estão emocionalmente doentes e precisam mesmo é de bons psicólogos. Claro que tem muita gente legal, escrevendo coisas legais. E mesmo no universo fitness, tem quem conduza seu trabalho de forma ética e respeitosa. Mas temos que saber filtrar muito bem as informações, senão acabando levando gato por lebre. E caindo nessa neura louca de levar marmita fitness de frango com batata até em festa de casamento, o que, na minha modesta opinião, não é nada bonito, nem sinônimo de disciplina, e sim uma indelicadeza gigante com os anfitriões que apenas querem nos proporcionar o melhor que podem... onde isso vai parar, né? Bjs.. gosto muito da forma como você conduz o seu blog, viu?

    ResponderExcluir
  6. Uma coisa que percebi no meu aniversário, é que todas, sem exceção, só falavam de dieta, de exercício. juro, tô cansada disso. Quero tentar levar no normal, sem ficar paranóica, já fiquei a vida toda e não adiantou nada. Tô tentando me livrar da culpa, que acho que é o que me faz cair no círculo vicioso de engorda-emagrece-engorda mais ainda.

    Beijossssssss
    ┌──»ʍi૮ђα ツ

    ResponderExcluir