29 junho 2016

As voltas que o mundo dá

postado por Cottage Regressiva

Huge

Eu realmente estou levando a sério o acompanhamento com nutricionista, não porque bati a cabeça, mas porque estava com dúvidas em relação a combinação de alguns alimentos, depois que minha cardiologista apontou umas melhoras que precisam acontecer nos exames de rotina. Eu achei que estava fazendo mais para certo do que para errado, mas vai que de repente a tapioca com a batata doce já viraram vilãs e eu aqui, desatualizada, piorando o sangue... 

Agora, preciso confessar uma coisa, estou evitando tanto falar de emagrecer, emagrecimento, plano alimentar, dieta, exercícios disso ou exercício daquilo, que começo a sentir falta das pessoas vibrando e falando do novo peso ao meu lado. Eu sou realmente uma metamorfose ambulante, porque até outro dia eu queria distância desses "grupos" - deve ser resquício de dias presas em casa lutando contra as dores da chikungunya, que agora, com a medicação correta, passaram. Sim, passaram. Sim, passou. O bom realmente de você ter um grupo determinado para isso é que você não corre o risco de se transformar no chato na mesa de bar que  fala disso...

Logo logo, começam na casa nova as quebradeiras de banheiro/cozinha e sei que sentirei saudades desses dias sozinha e de pernas para cima, já que o mais provável é que eu tenha que me transformar na Frances Mayes*, com o cabelo cheio de pó, dando suporte aos trabalhadores da obra. Então eu decidi não reclamar mais de nada - projeto antigo (que se você também quiser seguir, sugiro grudar nos ensinamentos de Will Bowen). O cara sabe das coisas.


* Sob o sol da Toscana 


1 comentários:

  1. Olá , Rachel saudades de passar por aqui. Estava afastada do blog um tempo. Muito bom seu empenho com a Nutri eu tenho uma resistência com nutricionista rsrs ... Deu vontade de marcar de novo . Gostei do projeto não reclamar pq sou dessa , preciso me conter kkkkk Vamos que vamos. Ótimo dia beijinhos

    ResponderExcluir