25 junho 2016

Nutricionista e acompanhamento médico

postado por Cottage Regressiva



Procurei uma nova nutricionista (a anterior já estava me incomodando com a frase: "volte daqui dois meses") e é incrível como nos demos bem, quer dizer, como deixei me dar bem com ela. Confesso que na recepção, a vontade era pedir licença, sair falando ao celular mesmo sem ninguém na linha e fugir, mas me obriguei a ficar. Podia seguir sozinha com um cardápio debaixo do braço, mas fica mais consistente tendo todo o acompanhamento - alguém para fazer junto a análise dos exames. Gostei dela. Encontrei alguém que fala mais alto do que eu - e vou levar em consideração toda vez que conto uma história e meu marido faz aquele sinalzinho irritante para abaixar o volume. 

Ela foi simples ao me mostrar como deve ser a composição do meu prato através de uma foto colorida e foi bastante flexível com o fato de tudo precisar de um tempo para adaptação. Quer dizer, ela não fez aquele discurso assustador de coma só proteína ou coma só legumes ou beba só água. Aparamos arestas. Ao discursar sobre como era meu dia, ela se recusou a tirar o lanche das seis da tarde que faço para sentar e falar sobre o dia com o marido. Achei de tanta sensibilidade. Ela pediu meus exames e analisou com cuidado. Ela me deixou com a sensação de que tudo vai dar certo. E tem momentos que isso por si só basta... 

Outra novidade é que agora frequento oficialmente mais uma especialidade médica: a reumatologia (tratamento para chikungunya). Não gostei da médica, mas meu marido disse que ela foi boa. É que eu acredito naquela coisa de não confiar em ninguém com um aperto de mão frouxo. Essa então, só pega nos dedos... Dois remédios: um para artrite reumatóide e outro para meu estômago não gritar e sair correndo em meio a tudo isso. Ainda estou tomando elixir de inhame (mais conhecido como lenda urbana, que está dificílimo de achar nas prateleiras, mas aceito em momento de desespero) e cúrcuma receitada pela nutricionista (tem potente ação anti-inflamatória e que colocada em cápsulas vira ouro, dado o preço). 


0 comentários:

Postar um comentário